A distância física vs. emocional

Para quem está longe perder os contactos telefónicos daqueles de que mais se gosta é sem dúvida uma grande angústia.

Foi o que aconteceu com um amigo meu, que está no outro hemisfério e que comentou que lentamente tem conseguido recuperar os contactos mais importantes. Dizia ele: "é como recuperar as partes de mim que as escolhas da vida trataram de separar".

 

Não concordei totalmente e devolvi a resposta:

"As escolhas da vida podem separar fisicamente as pessoas, mas só o coração tem o poder de as separar emocionalmente. Os sentimentos não se perdem, transformam-se. É por isso que continuo "ao teu lado", torço por ti, e sempre espero o teu sorriso e abraço."

 

Psicologizante? Não, verdade!

Ecos by eremitaurbANA às 15:28 | comentar | favorito